Pular para o conteúdo principal

Encontro nacional das mulheres cooperativistas confirma participação da  Ministra Teresa Cristina, Padre Fábio de Melo e jornalista Alexandre Garcia 


Encontro Nacional das Mulheres Cooperativistas será nos dias 29 e 30 de setembro

               Superação e resiliência, sucessão familiar, gestão financeira da propriedade e as perspectivas para o agronegócio no cenário político e econômico. Esses são alguns dos temas que cerca de 10 mil mulheres que atuam em mais de 200 cooperativas de todo o Brasil terão acesso nos dias 29 e 30 de setembro, no Encontro Nacional das Mulheres Cooperativistas que, este ano, será realizado de forma virtual pelo Grupo Conecta.
A Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, que já confirmou a participação, falará sobre o “Atual contexto do agronegócio e os principais desafios”, em um painel que contará também com a participação de Teka Vendramini, Presidente da Sociedade Rural Brasileira.

Para falar sobre as “Perspectivas do agronegócio no cenário político e econômico”, o evento traz a participação do jornalista Alexandre Garcia juntamente com o Coordenador de Agronegócios da Fundação Getúlio Vargas, Roberto Rodrigues. Após os painéis, os participantes poderão tirar dúvidas com os palestrantes por meio de um chat.

Com o tema “Mulher sábia edifica sua família, sua propriedade e seus negócios”, o encontro também apresentará uma palestra do Padre Fábio de Melo. O objetivo é proporcionar às participantes um conteúdo completo, que abrange o dia a dia profissional, mas também se preocupa com as emoções, o equilíbrio e o bem-estar.




“As mulheres cooperativistas são gestoras de propriedades e têm uma responsabilidade grande na área administrativa, financeira e de recursos humanos e, ao mesmo tempo, equilibram a balança como mãe, esposa e mulher. Um dos grandes objetivos é que elas aprendam sobre gestão ao mesmo tempo em que valorizem seu lado feminino, suas potencialidades e tenham sinergia entre todos os papéis que precisam equilibrar”, afirma Luciana Martins, Diretora Executiva do Grupo Conecta e Diretora na MPrado Cooperativas.

O evento também contará com a participação do cantor e palestrante Leo Chaves, que falará sobre “Gratidão: o ciclo constante de plantio e colheita da vida – como identificar o caminho certo”, além de dezenas de especialistas sobre gestão, sucessão familiar, custo e produtividade, crédito rural, entre outros.



“É de fundamental importância um espaço, um evento que proporcione reflexões e conexões para que a gente perceba que não está só. Afinal, somos muitas e é importante estarmos juntas debatendo e construindo uma base sólida para enfrentarmos essa fase. Ao invés de desistirmos, esse é o momento de insistirmos em nossos objetivos. É assim que vamos construir uma sociedade mais forte, mais justa e equilibrada para todos e todas”, afirma Tânia Zanella, Gerente Geral da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB).
O evento é voltado às mulheres cooperativistas, porém mulheres do agro que atuam nas mais diversas funções dentro e fora da porteira, além de homens que tenham interesse, também podem se inscrever. O valor da inscrição é de R$ 110,00 para cooperados e colaboradores de cooperativas e R$ 300,00 para empresas de serviços ou produtos.



Para outras informações e agenda completa do evento, acesse: www.gpoconecta.com.br/enmcoop.

(Via assessoria)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chega ao Brasil bionematicida com tecnologia japonesa inédita

Resultados obtidos com pesquisas utilizando Furatrop Lançamento exclusivo da Biotrop aumenta a produtividade da soja em até 4.7 sacas por hectare, e ainda ajuda os produtores de todo o Brasil a diminuírem as perdas pelos nematoides em diversas outras culturas                    Acaba de chegar ao mercado brasileiro um poderoso bionematicida lançado pela Biotrop. De formulação inédita e exclusiva, o Furatrop tem como grande diferencial a velocidade de ação no solo. Ao combinar a tecnologia japonesa  Hayai  e uma cepa de altíssima eficiência (CNPSo2657) de  Bacillus subtilis  o produto age rápido entregando resultados superiores no controle de nematoides e aumentando a rentabilidade das lavouras. O Furatrop contribui para a máxima expressão do potencial genético de diversas culturas como a soja, milho, tomate, feijão, cana-de-açúcar, algodão, entre outros. Isso com ação muito mais rápida e duradoura do que outros produtos no mercado. Em comparativos, pôde-se observar a di

Agrotecnologia: revista americana classifica CEO brasileiro como o jovem mais inovador da América Latina

  CEO da Agrointeli é considerado o jovem mais inovador da América Latina pela MIT Technology Review Renato Borges está revolucionando o uso da tecnologia no campo, promovendo inclusão tecnológica de agricultores por meio de inteligência artificial fácil de usar a um custo acessível                O CEO e fundador da Agrointeli, Renato Borges, foi reconhecido como o jovem mais inovador da América Latina, abaixo dos 35 anos, pela revista MIT Technology Review, considerada a maior publicação de tecnologia e negócios do mundo. Por mais de uma década, a revista reconhece talentos cujo trabalho tem um grande potencial para transformar o mundo. Nos EUA, esse é o prêmio que antecipou o sucesso de grandes empreendedores na área de tecnologia, como Mark Zuckerberg, do Facebook, Sergey Brin, do Google, e Max Levchin, do PayPal. Renato Borges foi reconhecido na categoria “Visionários” por seu trabalho realizado a frente da Agrointeli, empresa que tem como visão a democratização da tecnologia na a

Arauco se transforma na primeira companhia florestal do mundo em certificar sua carbono neutralidade

  ARAUCO  BRASIL - Floresta plantada em Arapoti/PR - Foto: Zig Koch •                     Após um longo percurso, a companhia se posiciona como um ator mundial relevante em matéria de contribuição à mudança climática com miras à COP 26. •                     Além disso, como parte do seu Plano de Ação Climática, durante 2020 a ARAUCO passou a integrar duas iniciativas mundiais que buscam diminuir significativamente as emissões de gases de efeito estufa. “Hoje estamos concretizando um compromisso climático com o Chile e o mundo, um trabalho de longo prazo com objetivos claros e significativos que marcam nossa visão do futuro”. Com estas palavras, Charles Kimber, gerente corporativo de Pessoas e Sustentabilidade da ARAUCO, anunciou que neste ano a empresa florestal de origem chilena concretizou a meta de ser certificada como carbono neutro. A consecução desta meta está sustentada em dois caminhos complementares: eficiências de caráter operacional que permitiram reduzir as emissões de gas